Espumantes Nacionais: Os Queridinhos do Momento no Brasil

de Wine em Casa em April 11, 2022

Os espumantes brasileiros têm conquistado fama em diversos países do mundo, no ano de 2021 a exportação da bebida alcançou o número de 935 mil litros, valor 21% maior em comparação com o ano anterior. Mas não foram somente os países afora que perceberam a qualidade dos espumantes do Brasil. O mercado interno registrou o dobro de aumento na venda das bebidas no ano de 2021, chegando a um número de 30,3 milhões de litros comercializados, cerca de 40% a mais em relação ao ano anterior.

Estes números refletem a qualidade dos espumantes brasileiros, que tem sido aperfeiçoada pela parceria entre ciência e setor produtivo, que permitiu que o Brasil pudesse elaborar espumantes com características únicas, de acordo com os moldes dos famosos Champagne francês, Prosecco italiano e Cava espanhol. Estas características garantiram ao nosso país mais de 300 medalhas em premiações de diversos países, inclusive na França, que é um país mundialmente conhecido por seus vinhos e espumantes.

As pesquisas científicas no ramo vitivinícola permitiram desenvolver cultivares, melhores técnicas de manejo e processamento, e na caracterização de regiões produtoras, o que possibilita adquirir os selos de procedência. Estas pesquisas tornaram possível uma maximização na qualidade produtiva das uvas e vinhos, minimizando problemas em processos ou na qualidade das cultivares e clones.

O Brasil possui uma grande diversidade de climas e solos, criando diferentes terroirs que se refletem nas bebidas produzidas, assim, a diversidade de sabores entre os espumantes nacionais cria uma vastidão de possibilidades de degustação, agradando aos mais distintos paladares com suas características próprias e sua qualidade.

A expectativa é que estes números aumentem ainda mais, pois os espumantes deixaram de ser uma bebida apenas para eventos específicos e começaram a ocupar espaços distintos, marcando presença nas mais diferentes ocasiões. Além disso, nota-se que os espumantes têm sido consumidos também ao longo do ano e não mais somente em época de festividades (como festas de fim de ano), também é notável que os vinhos e espumantes vêm ganhando mais espaço entre os hábitos de consumo dos brasileiros, o que também sugere um aumento nas vendas e consumo destas bebidas no país.