A Tradição de Brindar o Ano Novo Com Espumante

de Wine em Casa em May 10, 2022

Quando as festas de fim de ano se aproximam um dos itens que não podem faltar na lista de compras é o espumante para o brinde de réveillon. Esta época do ano envolve as mais distintas tradições, e o espumante, ou o autêntico champagne, é uma das que alcançam até mesmo o público que não se rende aos ritos de passagem. O que muitos não sabem, entretanto, é que existe toda uma história por trás deste costume comum há tanto tempo.

O início desta tradição, especificamente, não se tem ideia ao certo, visto que o espumante acompanha celebrações há séculos. O vinho espumante foi criado no século XVI, o champagne especificamente começou a ser produzido na Inglaterra, e somente mais tarde passou a ser produzido na região francesa que lhe deu o nome. Mais caro que os vinhos tradicionais, o champagne logo conquistou a nobreza, agregando status e passando a acompanhar festividades.

Após a Revolução Industrial a cultura do consumo começou a disseminar pela sociedade e o champagne passou a ser mais utilizado como forma de ascensão social, mas sempre sendo associado a alegria e festividade. Com o passar dos anos, foram se desenvolvendo novas formas de espumantes, de diferentes versões e preços, o que fez com que a bebida começasse a caber no bolso do público em geral.

O próprio ato de estourar o espumante é uma forma de celebrar a vida e os bons momentos, festejar a prosperidade, dessa forma, não é de se estranhar que a bebida logo tenha sido adotada na época mais festiva do ano. Embora não se saiba ao certo quando a tradição de estourar espumante no réveillon tenha começado, se pode imaginar que a tradição tenha crescido ao longo dos anos e se expandido de forma a tornar a bebida um símbolo de festejo e alegria.

Uma coisa é certa: um brinde com espumante é essencial para comemorar o ano que chega e o recebendo com alegria e festividade.